O empreendedorismo feminino no Brasil

23 JUL

Seja para complementar o orçamento familiar, buscar a independência financeira ou transformar um hobby em fonte de renda, as mulheres têm aumentado a sua presença no empreendedorismo. Uma pesquisa realizada pela Global Entrepreneurship Monitor - GEM em parceria com o Sebrae mostrou que o Brasil possui quase 24 milhões de mulheres empreendedoras, número um pouco menor que o total de homens empreendedores que gira em torno de 25 milhões.

O estudo também apresentou outras especificidades do empreendedorismo feminino em nosso país:

▪️ As empresas abertas por necessidade de uma nova renda é maior entre as mulheres do que entre os homens: 44% contra 32%;
▪️ A idade média das mulheres que são donas do próprio negócio é inferior à idade dos homens: 43,8 anos contra 45,3 anos;
▪️ As mulheres empreendedoras possuem escolaridade 16% superior à escolaridade dos empreendedores homens;
▪️ Os rendimentos das mulheres empreendedoras são 22% inferiores ao dos homens donos de negócio;
▪️ 25% das mulheres empreendedoras exercem suas atividades econômicas no próprio domicílio;
▪️ 86,5% dos empreendimentos conduzidas por mulheres apresentam porte menor, com nenhum funcionário contratado;
▪️ As empreendedoras pedem empréstimo nos bancos com menor frequência do que os homens empreendedores;
▪️ O valor médio tomado nos empréstimos por elas é inferior ao valor médio tomado por eles: R$ 67.492,00 contra R$ 80.563,00;
▪️ As taxas de juros cobradas das mulheres são superiores às taxas de juros cobradas dos homens: 34,6% contra 31,1%;
▪️ Já a taxa de inadimplência entre as mulheres empreendedoras é inferior à taxa dos homens: 3,7% contra 4,2%;
▪️ As mulheres que são Microempreendedores Individuais (MEIs) costumam se envolver mais em atividades relacionadas à beleza, moda e alimentação.


Se você, mulher, está pensando em abrir seu próprio negócio anote essas dicas: encontre seu talento e aposte em algo que te faz feliz; faça uma pesquisa de mercado, conheça seus futuros concorrentes e encontre uma forma de se diferenciar deles; tenha autonomia para lidar com o seu próprio dinheiro; separe o orçamento do negócio do pessoal; tenha um bom plano estratégico de comunicação; seja persistente e resiliente, acredite sempre no seu potencial.


Até breve.

Vamos conversar?

Clientes & Parceiros